Proibido Implante, Fabricio Ramos

Título do poema: Proibido Implante Coclear (novo)

Subtítulo glosa: em construção

Escrita de Sinais: feito (Debora Wanderley)

 

Perfil

Nome da pessoa: Fabrício Ramos

Função: professor

Identidade: Homem e mulato

Influência poética: Youtube

Modo estilo: Criação visual imagem e com sinais.

 

Obra

Data: Agosto/2010

Lugar: Rio Grande do Sul

Duração: 02:20

Referência: Polo Lic. UFRGS, atividade D, na disciplina da Literatura Surda, professora Lodenir

Sinopse: 4.1.sinopse_proibido_implante_coclear. História que critica o uso do implante coclear. Fonte: Lodenir

Contexto: 4.2.contexto_proibido_implante_coclear

 

Critérios

Conteúdo: Reencontro da família

Tema: Emoção, esperança, tristeza

Gênero: Drama

Modo de jeito: lento, parte alta velocidade, devagar e suave

Tipo: comunidade surdo, surdez, ser surdo.

Princípios: respeitar, reconhecer, comunicação, conversar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s